Mamadeira


Na nossa sociedade a mamadeira é amplamente utilizada para alimentação de crianças. A correlação entre o uso da mamadeira e a presença de cárie está confirmada, sendo que a mamadeira é um importante meio de ingestão de açúcar na infância, já que a maioria dos alimentos ingeridos através dela apresentam a adição deste, transformando-a num dos fatores mais importantes na caracterização do risco ao desenvolvimento de cárie em crianças de pouca idade.*

A primeira cárie de mamadeira, ocorre nos primeiros meses ou no primeiro ano, a segunda, cárie rampante, entre 2 e 4 anos de vida, ambas na maioria das vezes atinge os dentes de forma a causar-lhes sensível perda de estrutura, provocando com isso redução das dimensões do arco quer seja na dimensão vertical, quer seja encurtando-o.

Por estes motivos os referidos quadros patológicos são extremamente perniciosos à oclusão. Assim se porventura estes não forem evitados ou acudidos a tempo fatalmente teremos problemas na dentição decídua, mista ou permanente com maior ou menor severidade, dependendo da quantidade de perda dental, da época do atendimento e dos cuidados deste atendimento.

Assim as entidades denominadas cárie de mamadeira e cárie rampante não só são prejudiciais durante seus períodos de existências, como também suas repercussões no decorrer do tempo. **

* Corrêa, 2011 ** Guedes, 1997

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia , Pediatria  e outras especialidades”