Destaques — 12 novembro 2014
Gestação – Oportunidade de enfatizar a educação em saúde oral

A educação em saúde é um processo que induz à mudança de comportamento relativo à saúde. E esse processo deve ser não somente individual, mas também coletivo, com vistas à promoção de informações e motivações de hábitos que mantenham a saúde e previnam as doenças.

A motivação e a cooperação consciente do paciente são fundamentais para a promoção de saúde, assim como a programas preventivos, incluindo palestras, escovação dentária supervisionada, controle e avaliação, considerando-se as faixas etárias receptivas, ou, pelo menos, susceptíveis à mudança de hábitos, a adoção de hábitos alimentares adequados e a correta higiene bucal.

Durante a gestação, a mulher está ávida por incorporar novas atitudes que proporcionem uma gravidez  tranquila e saudável para ela e seu filho. Mas, apesar da receptividade, as gestantes mostram-se desinformadas em relação à saúde oral, e isso as leva, muitas vezes, a adotar hábitos nocivos.

hábitos nocivos

 

Mitos e crenças ainda arraigados  em parte da população sugerem que as grávidas não podem ser submetidas a tratamento odontológico, sob o risco de causar danos ao feto.

É muito importante que o pai da criança participe desse momento junto à mãe, em que profissionais da saúde, em equipe multiprofissional (ginecologista, cirurgião-dentista, obstetra, clinico geral, etc.) devem ressaltar que a gestação significa “saúde”, ou seja, que a mulher está saudável e não deve insistir em postergar um tratamento odontológico. O acompanhamento odontológico periódico durante toda a gravidez proporcionará à gestante e à família maior conscientização do valor do equilíbrio da dieta alimentar e da higienização bucal para a manutenção da saúde oral, dela e de toda a família.

saúde bucal

A educação em saúde poderá possibilitar a mudança de hábitos de saúde, apoiando o indivíduo na conquista de sua autonomia, constituindo-se de ações que objetivam a apropriação do conhecimento sobre o processo saúde-doença, incluindo fatores de risco e proteção à saúde oral.

Fonte: Biancalana; H., Morais; R.D., Guedes; C.C., Bussadori; S.K. – Ações da Família; Livro: Odontopediatria  para o 
Pediatra;Ed. Atheneu – 2013.

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”

Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *