Destaques — 09 agosto 2014
Cárie dentária

A cavidade oral é constituída pelos dentes, tecidos moles, saliva e inúmeras bactérias naturais ao meio bucal que se encontram dinamicamente relacionados e que podem sofrer alterações em seu equilíbrio, dependendo dos alimentos ou das diferentes condições que o meio e a saliva podem apresentar.

O desenvolvimento do processo carioso no esmalte dentário ocorre em razão de alterações ou desequilíbrios dessa dinâmica natural.

Assim, a cárie pode  ser conceituada como uma doença dependente de biofilme dental (pool bacteriano) e de exposições frequentes a açucares que crônica e progressivamente dissolvem os minerais do esmalte dental, causando sua cavitação.

Isso quer dizer que condições que favoreçam aumento de bactérias sobre o dente (biofilme dental, como consumo excessivo de substratos fermentáveis, podem desencadear a cárie dentária ao longo de um determinado período de tempo.

cárie

Didaticamente, a maioria dos textos explicativos de cárie dentária descrevem alguns fatores que estariam ligados conjuntamente ao desenvolvimento da lesão cariosa. Atualmente, entende-se que há vários fatores essenciais e secundários envolvidos na instalação da cárie. Pode-se citar:

* Hospedeiro

* Dente

* Saliva e Fluxo Salivar

* Bactérias ou biofilme

* Substratos fermentáveis

* Condições socioeconômicas, culturais e comportamentais

O hospedeiro, ou seja, o indivíduo que poderá desenvolver o processo carioso, precisa unir determinadas características ou fatores que, conjuntamente interligados, fazem com que  a cárie dentária se instale.

Assim, o dente, a saliva, uma predisposição individual e circunstancial (risco à cárie), condições do meio bucal e local do esmalte (sítios ativos) são fatores fundamentais a serem analisados.

Pode -se destacar alguns alimentos da dieta com capacidade protetora contra a cárie. Esses alimentos auxiliam na autolimpeza ou auxiliam a saliva no tamponamento ácido do meio, neutralizando a ação ácida metabólica: maçãs, queijos, amendoins, etc.

A higiene dos dentes deve iniciar tão logo o primeiro dente irrompa na boca da criança.  A cárie dentária pode ser controlada com sucesso através de simples procedimentos de higiene com dentifrício fluoretado.

primeiros dentes

Fonte: Mendes, F.M; Chedid, S.J; Bönecker, M. - Aspectos clínicos da cárie dentária, capítulo 14 do Livro: Odontopediatria 
para o Pediatra - Editora Atheneu; 2013

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”

Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>