Destaques — 05 julho 2014
Alimentação na adolescência

Tendo em vista que os hábitos tendem seguir padrões culturais e socioeconômicos, recentes estudos têm demonstrado a relação entre qualidade de vida e saúde bucal, através dos aspectos de comportamento dos jovens, como atividade física, dieta alimentar, higiene bucal, hábito de fumar e consumo de bebidas alcoólicas.

Acreditamos que as pesquisas sobre o estilo dos adolescentes sejam fundamentais para o seu atendimento e para planejar programas de saúde, contribuindo para a aquisição de hábitos de saudáveis e a conscientização da família sobre seu papel na formação integral do adolescente, considerando-se a influência dos fatores genéticos e da herança cultural na determinação do padrão alimentar.

Podemos citar o estudo desenvolvido por Coulson et al. (1997), que apontou a existência de uma associação entre hábitos alimentares, atividade física e hábito de fumar em jovens ingleses.

O alto consumo de alimentos gordurosos e açucarados pôde ser verificado entre os fumantes e aqueles que não praticavam atividade física, enquanto a ingestão de alimentos naturais, como frutas e vegetais, foi observada entre aqueles que desenvolviam uma ou mais atividades esportivas.

O hábito de fumar e ingerir bebidas alcoólicas representa uma forma de aproximação do grupo de amigos e maior convivência social na adolescência. Entretanto é fundamental alertar o paciente adolescente de que o hábito de fumar tende a provocar a redução dos níveis séricos de vitamina C, aumentando a vulnerabilidade ao câncer bucal, de laringe e esôfago.

adolescente-fumando

Devemos incentivá-los a adotar uma alimentação balanceada, tendo em vista que a obesidade é das doenças nutricionais a quem mais tem aumentado nos últimos anos e está relacionada, em geral, com sedentarismo, hábitos alimentares inadequados e velocidade das refeições. Cerca de 80%dos adolescentes obesos tornam-se adultos obesos, e os fatores de risco, como hipertensão arterial, doenças coronarianas e alteração do perfil lípidico, já ocorrem nesse grupo.

A prática de atividades físicas e recreativas também devem ser motivada,  pois além de constituir um fator importante na formação da personalidade do adolescente, parece contribuir diretamente para o seu desenvolvimento corporal, prevenindo ou atrasando agravos da saúde na vida adulta.

adolescente atividade física

A substituição da atividade física pelo tempo gasto assistindo televisão e a influência da mídia levam ao consumo excessivo de bebidas açucaradas, refrigerantes e salgadinhos entre as refeições, tornando o adolescente mais vulnerável a desenvolver lesões de cárie.

Joven televisão

* Fonte: Bussadori; S.K; Masuda; M.S - Manual de Odontohebiatria - 2ª edição, Editora Santos

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”

Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>