Destaques — 29 março 2014
Mastigação

A mastigação é uma função do sistema estomatognático que consiste num conjunto de mecanismos que envolvem a pega, a trituração e a moagem dos alimentos. Os alimentos triturados são envolvidos pela saliva que contém enzimas que darão inicio à formação do bolo alimentar. Quanto menores os fragmentos alimentares, maior será o contato com as enzimas e maior atuação destas dando inicio ao processo digestivo.

Possuir dentes sadios é importante para a boa alimentação, boa pronuncia das palavras, bom hálito e mastigação correta.

A mastigação é a função básica dos dentes. Portanto, os processos da salivação e da mastigação perfeita possibilitam o total aproveitamento das substâncias que ingerimos. Outra importante função dos dentes é o desenvolvimento harmonioso dos maxilares e músculos, garantindo ao rosto uma feição normal, saudável e de boa aparência. A

falta de dentes altera o modo de falar, prejudicando a boa dicção, já que muitos sons são produzidos mediante a ação da língua sob os dentes, além da função estética, importante para o equilíbrio emocional dos pacientes.

A extração do leite do peito materno é um importante exercício ao desenvolvimento do sistema mastigatório. A mandíbula se posiciona mais anteriormente, os músculos mastigatórios, como o temporal (retrusão), o pterigóideo lateral (propulsão) e o miloioídeo (deglutição), iniciam sua maturação reposicionamento, ao mesmo tempo em que a língua estimula o palato, evitando que a ação dos músculos bucinadores altere o desenvolvimento transversal da maxila e o orbicular da boca seja eficiente no crescimento e desenvolvimento da região anterior do sistema mastigatório.

Sabe-se que a mastigação fisiológica deve ser alternada bilateralmente, com ciclos mastigatórios de um lado e do outro, porém algumas análises demonstraram que a diminuição da demanda funcional é a principal causa do uso predominante ou exclusivo de um só lado da boca; com a troca de lado para mastigar, percebe-se a prevalência unilateral.

A musculatura solicitada na ordenha do peito da mãe é exatamente a musculatura mastigatória. Na sucção da mamadeira, o trabalho muscular é muito distinto e, em virtude disso, a função mastigatória nessas crianças não será afetiva.

A hipofunção dos músculos, especialmente os propulsores e retrusores da mandíbula, acarretará prejuízos no crescimento e desenvolvimento do sistema estomatognático pelo conjunto de ações mecânicas inadequadas, e a articulação temporo mandibular será alvo fácil de disfunções.

Sendo uma função automática, aprendida e condicionada, esse saber quanto à mastigação pode ser modificado e reeducado com a adoração de novos hábitos criados por meio de exercícios miofuncionais. Tais exercícios devem ter o diagnóstico, o tratamento  e o acompanhamento de um profissional de fonoaudiologia.

*Livro S.O.S. Respirador Bucal - Uma visão funcional e clínica da amamentação; 2ª edição; Gabriela Dorothy de Carvalho.

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”

Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>