Destaques — 18 setembro 2013
Erosão dental

Com a redução da prevalência de cárie, a erosão dentária passou a chamar a atenção. Esta é caracterizada pela perda progressiva do tecido mineralizado do dente ocasionada pela ação direta de substâncias químicas sobre a superfície dental exposta na cavidade bucal sem o envolvimento de bactérias..

A erosão dentária origina-se de fontes extrínsecas ou intrínsecas de acordo com o agente químico

As fontes de origem extrínseca podem estar relacionadas com dieta, meio ambiente e medicamentos.

Em relação à dieta, dá-se, especialmente pelo consumo de frutas e suco de frutas ácidas, bebidas gasosas, bebidas isotônicas. Ácido cítrico representa o principal ácido encontrado em frutas e vegetais e possuem em média pH abaixo de 5, sendo abaixo de 3 para o limão. Vinagre e molhos de saladas contêm ácido acético. Em vinhos e uvas são encontrados ácidos tartáricos e em maçã e sucos de maçã, ácidos maleicos.  Ácido lático aparece em iogurtes e queijos com pH abaixo de 4, em alguns casos. Ácido fosfórico está presente em bebidas à base de colas e água gaseificada, com pH abaixo de 3 em média. Esse ácido, principal constituinte de refrigerantes, é usado para dar um sabor amargo, diminuindo o sabor doce, ou ainda realçar o sabor. Os ácidos destes produtos são usados também como conservantes.

Como causas do meio ambiente temos, por exemplo, alguns trabalhos em indústrias químicas e  contato excessivo com piscinas cloradas. Já, entre os medicamentos que podem causar erosão estão os tabletes de vitamina C mastigáveis, reposição de ácido clorídrico para pacientes que sofrem de acloridria gástrica.

A frequência e o tempo de contato do agente erosivo com a superfícies dentárias sâo proporcionais ao desenvolvimento da erosão. A forma pela qual a dieta ácida é introduzida na cavidade bucal (canudo, copo, mamadeira) pode afetar o tempo de exposição, e, consequentemente o tempo de contato

As fontes de origem intrínseca são: xerostomia (baixa produção de saliva), pelo maior tempo de exposição da substância erosiva sobre o elemento dental e a doenças que provocam regurgitação, como refluxo, bulimia nervosa e anorexia,pelo contato constante do ácido gástrico com o meio bucal.

A erosão dentária pode ocasionar muita dor. Existem várias medidas preventivas que podem controlar a erosão dentária:

* Diminuição da frequência de contato com alimentos e bebidas ácidas

* Aplicação de agentes remineralizantes como flúor

* Estimulação do fluxo salivar

*Consumo diário de queijo após ingestão de alimentos ácidos

* Uso de canudos para ingestão de bebidas ácidas

* Orientação quanto à escovação não imediata à ingestão do alimento

* Bochecho com água em seguida à ingestão desses alimentos

Fonte: Lúcia Coutinho

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”

 

Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>