Destaques — 27 março 2013
Cárie Precoce da Infância

Conhecida popularmente como cárie de mamadeira, as cavidades nos dentinhos da criança são sintomas de uma doença já estabelecida a Cárie.

A cárie é um desmineralização do dente, causada por bactérias; estas bactérias usam os restos de alimentos (principalmente os carboidratos – então não são só os doces, mas bolachas, pães e salgadinhos também!!) e eliminam ácidos capazes de desmineralizar os dentinhos.

Inicialmente essa doença aparece como manchas brancas na superfície dos dentinhos, principalmente nas superfícies onde ocorre maior acumulo de biofilme.

Quando detectado nesse ponto, o problema se resolve com medidas profiláticas, como melhorar a alimentação e intensificar a higiene bucal.

Se necessário, o Odontopediatra recomenda a aplicação tópica de flúor, realizada em consultório, cuja finalidade é fortalecer o esmalte.

O ideal é correr para o Odontopediatra antes que as manchas se transformem em cavidades com necessidade restauradora.

A cárie de mamadeira em geral, aparece em crianças que têm o hábito de mamar durante a madrugada e adormece sem fazer a limpeza da boca. Essa cárie é bastante agressiva, evolui rapidamente e causa dor, podendo destruir os dentinhos em pouco tempo.

A cárie é um desmineralização do dente, causada por bactérias; estas bactérias usam os restos de alimentos (principalmente os carboidratos – então não são só os doces, mas bolachas, pães e salgadinhos também!!) e eliminam ácidos capazes de desmineralizar os dentinhos.

Os dentinhos iniciam o seu nascimento entre os 6 meses de vida e 1 ano e 3 meses, em uma fase em que a criança se alimenta com uma freqüência maior, tem uma dificuldade de higiene grande, já que os pequenos muitas vezes choram , mordiscam a escova e os dedos dos pais e levam muito tempo até erupcionarem completamente, facilitando o acúmulo de placa bacteriana.

Durante algum tempo acreditou-se que os dentes de leite eram menos importantes que os permanentes, já que em pouco tempo eles caem. Na verdade, eles são fundamentais não só por auxiliarem na alimentação da criança, mas porque desempenham papel importante no desenvolvimento da fala e dos ossos da face.

Caso os hábitos deletérios persistam, as cavidades aumentam levando a necessidade de tratamento endodôntico (canal) e reconstrução através de coroas. Quando aparece uma bolinha de pus sobre o dente da criança, indica contaminação com necessidade de se tratar o canal do dente.

A falta de tratamento pode, inclusive, prejudicar a formação dos dentes permanentes.

Devemos ressaltar a importância da manutenção da saúde dos dentes de leite até a sua troca natural, pois eles são importantes para mastigação, fala, estética e guardam espaços para os dentes permanentes que estão se formando.

Portanto, não devemos perder o dente de leite precocemente, porque poderá causar sérios problemas para a dentição futura.

A cárie em dente de leite poderá levar a uma infecção local , o que pode afetar a saúde geral da criança, podendo também afetar o dente permanente sucessor, além da dor e do desconforto da criança.

Quando o dente de leite é perdido precocemente, pode haver fechamento do espaço deixado por ele alterando a erupção do dente permanente e arcada dentária.

A Odontopediatria é a especialidade que visa a promoção da saúde e a prevenção de cárie dentária na criança, mostrando a importância da saúde oral dentro da saúde sistêmica da criança.

O tratamento odontológico infantil é mais eficaz quando a criança confia no dentista. Capaz de conquistar amizade e inspirar segurança, o odontopediatra obtém de seus pequenos clientes uma atitude cooperativa, que torna o tratamento tranqüilo e evita traumas futuros.

* Lúcia Coutinho

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”

 

Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>