Destaques — 19 janeiro 2013
A introdução do hábito de higiene

1-      Quando os pais precisam começar a escovar os dentes das crianças?

É imprescindível a introdução do hábito de escovar os dentes a partir da erupção dos primeiros dentes decíduos, que ocorre por volta dos 6 meses de idade. Dessa forma, o bebê será condicionado com a rotina da manipulação da cavidade oral precocemente assim como é condicionado com a rotina do banho desde o nascimento. Tanto o banho como a higienização da cavidade oral fazem parte da rotina de higiene dos seres humanos.

2-      Qual é a melhor forma de apresentar a escova para o filho? E como ensiná-lo a escovar os dentes?

Para introduzir a escovação na rotina do bebê é muito importante e recomendável a orientação do Odontopediatra. Este profissional vai orientar a mãe detalhes fundamentais tais como as características físicas da escova dental indicada para cada idade e também o melhor posicionamento da criança, em função da idade, para a execução da higienização dos dentes.

De acordo com a literatura, a criança deve ter sua escovação supervisionada por um adulto até os 9 anos de vida, a partir daí a criança já apresenta  habilidade motora para executar uma técnica de escovação adequada e eficiente, desde que  tenha sido treinado e orientado pelo odontopediatra.

 

 3-      Usar livros, histórias, desenhos, vídeos ajuda?

Qualquer forma de material didático e lúdico é válido para motivar a criança a ter um bom relacionamento com a rotina de higienização oral. No entanto, é muito importante que a criança “assista” seus pais e irmãos mais velhos realizando a escovação dos próprios dentes, uma vez que a “imitação” dos hábitos das pessoas queridas é a melhor maneira de motivar crianças jovens.

4-       E se a criança se recusar a escovar os dentes? Quanto tempo é tolerável que isso aconteça?

Se o hábito de higienizar a cavidade oral não foi introduzido precocemente como preconizado, a criança pode apresentar resistência tanto quanto apresenta eventualmente para tomar banho e/ou fazer as refeições satisfatoriamente. Diante desse comportamento é aconselhável que os pais imponham limites e regras á rotina desta criança. Orientação e acompanhamento com o Odontopediatra é de grande ajuda na motivação de reeducar a criança a cumprir suas obrigações e deveres relacionados a sua saúde bucal.

5-      Caso aconteça algo traumático, a mãe machuque a gengiva da criança, por exemplo, como lidar com a situação?

Para que experiências desagradáveis não ocorram no decorrer da higienização bucal de crianças é fundamental orientação do odontopediatra como já foi abordado antes. Este profissional indicará a melhor escova, a melhor técnica, enfim, a melhor maneira para que se cumpra a rotina de higiene com eficiência e tranqüilidade.

6-      Dê 5 dicas para facilitar a higiene bucal da criançada. 

1: Visite o odontopediatra o mais precocemente possível.

2: Introduza o hábito de escovação a partir da erupção dos primeiros dentinhos de leite

3: Bom exemplo: convide a criança a observar o papai e ou o irmãozinho escovando os dentes e procure motivar o ato com palavras positivas relacionadas á saúde, bem estar etc.

4: Oriente a babá, vovó ou outras pessoas que façam parte da rotina de cuidados da criança a respeito da importância da frequência de escovação durante o dia da criança, da realização da técnica de escovação bem como da supervisão da escovação em crianças maiores.

5: Procure sempre adquirir uma escova dental compatível com a idade da criança, independente da marca, pois o tamanho adequado da cabeça da escova e a empunhadura do cabo facilitará a execução da técnica de escovação.

* Dra.Lúcia Coutinho

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”

 

Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>