Destaques — 23 novembro 2012
Minha filha menstruou… E agora?

Parabéns!  Ela não vai parar de crescer e  nem vai virar adulta de uma hora para outra… Tudo acontece no seu tempo.

Atualmente a grande maioria das meninas já sabe o que é a menstruação, seja através da escola, de amigas ou da família e por isso ela chega sem grandes sustos, às vezes até aguardada com ansiedade.

A média de idade da menarca (primeira menstruação) é de 12, 2 anos, podendo ocorrer entre os 10 e 15 anos de idade.

Ela acontece  de 2 a 2 anos e meio após o aparecimento do broto mamário, após o estirão do crescimento, em uma fase de desaceleração.

As jovens, após a menarca, ainda crescem cerca de 7 centímetros em um período de 2 anos.

Os ciclos menstruais não costumam ser regulares no início, podendo apresentar intervalos menores que um mês ou pular alguns meses.

É interessante que a adolescente faça um calendário menstrual para acompanhar o amadurecimento do seu corpo e passar a compreendê-lo cada vez melhor.

As cólicas também não costumam estar frequentes no início, mesmo em famílias cujas mulheres padecem deste mal (sim, existe hereditariedade quando se trata de cólica menstrual) e costumam aparecer quando os ciclos se tornam regulares.

Nem sempre a sua filha vai gostar de usar o mesmo absorvente que você. Leve-a junto para comprar e deixe-a escolher, hoje as opções são muitas, com variação de formato, espessura e comprimento. Cada mulher se adapta melhor com um tipo.

Ela é nadadora? Bailarina? Tem viagem da escola e estará menstruada?

Existem medicamentos que ajudam a diminuir o fluxo ou até atrasá-lo ou adiantá-lo, mas devem ser usados esporadicamente, apenas em casos de real necessidade. E não podemos nos esquecer do absorvente interno.

A grande maioria das meninas pode usá-lo, no tamanho mini, mas é aconselhável que se faça um exame médico prévio, para garantir que seu uso não causará nenhum problema.

A menstruação é um marco na vida da mulher. Sinal de que o corpo está amadurecendo e tornando-se adulto. Mas assim como o próprio corpo, a maturidade emocional não acontece de uma hora para a outra, necessita de tempo e experiência.

Alguns comportamentos podem começar a mudar, mas sua filha ainda está aprendendo. Cuide para estar presente neste momento em que o exemplo pode ser você!

 * Dra. Andrea Hercowitz

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”


Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>