Destaques — 24 outubro 2012
Remoção química e mecânica: uma opção para tratar as cáries sem o uso do motorzinho

A cárie dentaria e uma doença infecciosa crônica, de caráter multifatorial. Suas principais causas são uma dieta desequilibrada, rica em açúcar e carboidratos fermentáveis associada a uma higiene oral deficiente.

Existe também uma predisposição individual de desenvolvimento da doença cárie. A cárie quando não tratada, pode evoluir rapidamente, levando até mesmo à necessidade de tratamento de canal ou a perda precoce do dente.

O sinal clínico inicial da carie é a presença de manchas brancas opacas localizadas no colo dos dentes (região próxima a gengiva). Nesse estagio é possível fazer a remineralizacão dessas manchas brancas, evitando a progressão da doença. Essa remineralizacao é feita através de aplicações tópicas de verniz fluoretado realizadas no consultório, associadas às mudanças de hábitos de higiene oral e dieta, devidamente orientadas pelo odontopediatra.

Quando não tratadas nesse estagio, as manchas brancas evoluem para cavidades (que são os buraquinhos) nos dentes. A partir desse estagio, não e possível fazer a remineralizacão das lesões e na maioria das vezes as cavidades necessitam de tratamento restaurador.

Para os “pacientezinhos” muito ansiosos, em determinados casos, existe a possibilidade de fazermos a remoção química e mecânica do tecido cariado. Através dessa técnica utiliza-se um agente químico especifico, em forma de gel que facilita a remoção da cárie através de instrumentos manuais apropriados (curetas de dentina).

Esse método, quando indicado, diminui o desconforto do paciente com a eliminação do ruído causado pelo motor de alta-rotação – o “motorzinho”, tão temido por algumas crianças – e dispensa o uso de anestesia na grande maioria das vezes.

Assim, o tratamento se torna muito mais confortável para as crianças, que podem ficar tranquilas durante o procedimento, tornando o procedimento mais agradável e prazeroso.

Independente da técnica restauradora utilizada, o mais importante é a prevenção da carie. As consultas com o odontopediatra são muito importantes, para que os responsáveis recebam as orientações adequadas para evitar que as crianças sejam acometidas pela doença.

A importância do odontopediatra está na indicação do melhor tratamento para seu filho, visando sempre a formação de uma geração saudável, ou seja, de uma Geração Cárie -Zero.

* Lúcia Coutinho

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”

 

Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>