Destaques — 20 setembro 2012
Podemos prevenir o bruxismo?

Seguem algumas dicas para os pais e responsáveis:

– Estimular alimentos fibrosos e em pedaços desde pequenos, para que possam desenvolver uma mastigação vigorosa e eficiente.

– Ter cuidados com hábitos prolongados de chupeta e mamadeira. Eles alteram a mordida da criança podendo criar interferências dentais e alterações musculares e ósseas.

– Procurar propiciar um ambiente tranqüilo que anteceda o sono. Evite deixar luzes acesas, assistir televisão ou usar o computador ou videogame antes de ir para a cama.

– Atenção na hora de programar a rotina de atividades de seu filho. Lembre-se  que crianças precisam de tempo para brincar.

Padovan, enfativa que a forma e a função devem caminhar juntas, e quanto mais precoce for o tratamento das funções orais inadequadas, mais chances o paciente terá de retornar o desenvolvimento normal.

Através de um diagnóstico preciso e eficaz, o  método hoje utilizado e considerado padrão de referência para este tipo de investigação é a polissonografia.

Através desse exame, fornece o diagnóstico preciso e o mapeamento dos episódios de bruxismo, além da arquitetura do sono deste indivíduo. Não podemos deixar de lembrar, que o melhor meio de investigação é mediante a anamnese, com o relato positivo do responsável.

Do ponto de vista clínico, o bruxismo determina prejuízos para a saúde orofacial da criança. A atrição entre os dentes antagonistas provoca perda de tecido dentário, em geral restrito ao esmalte.

Para o manejo clínico do bruxismo é mais correto usar a palavra “controle” do que a palavra “tratamento atrição uma vez que não existe até o presente momento , nenhuma terapêutica que seja definitiva.

As evidencias científicas são inadequadas para suportar o tratamento do bruxismo em crianças.

* Drª Eliana Fujimoto Macedo - Especialista em Odontopediatria
* Chedid,S.J.– Ortopedia e ortodontia para dentição decídua
* Corrêa, M. S.N.- Saúde bucal do bebê e do adolescente
 

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia , Pediatria  e outras especialidades”

Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *