Destaques — 31 julho 2012
E o crescimento da boquinha? O que tem a ver com a amamentação e com a mastigação?

Muito! Ou quase tudo!

Observe essas radiografias da Daniela quando criança e quando adulta.

Após o nascimento, a maior parte da região da calota craniana (cabeça) cresce até por volta dos 7 anos, por isso a cabeça do bebê parece ser tão grande e o rostinho tão pequeno. O rostinho, a face propriamente dita, cresce bastante até por volta dos 14 anos na menina e 16 anos no menino. E quem mais faz a face crescer são as funções que esses órgãos exercem. No terço médio da face, onde se encontra o maxilar superior, o maior estímulo de crescimento acontece devido a respiração pelo nariz (que ocorre naturalmente quando a criança foi amamentada no peito), e o crescimento da parte inferior da face, a mandíbula, acontece quando ela se movimenta corretamente durante a mastigação.

Observe nas 2 radiografias de cima, como a calota craniana da Daniela criança parece ser maior do que a face, e Daniela adulta, parece que a calota craniana está menor e a face maior.

Nas 2 radiografias de baixo foi feito um desenho para explicar melhor: os riscos rosa e amarelo, são os mesmos nas 2 radiografias. Observamos que o rosa mostra que a calota craniana pouco cresceu na idade adulta. O risco amarelo porém, da face da Daniela criança, quando foi transferido para a Daniela adulta,  mostra o quanto a face aumentou em tamanho, devido ao crescimento proporcionado pelas funções respiratória e mastigatória.

 

Quando a amamentação é ideal e a criança permanece o tempo todo de boquinha fechada, o ar entra pelo nariz, e essa força, (pressão) do ar dentro das cavidades nasais, faz com que elas cresçam de dentro para fora. O assoalho, ou chão, dessas cavidades, é o lado oposto ao palato!  Então quando uma criança respira pelo nariz, o céu da boca cresce pra baixo e para os lados, deixando uma arcada superior bem larga e ampla para receber os dentinhos de cima, um ao lado do outro, com espaço total!

Com essa arcada superior bem larga e ampla, a arcada inferior (mandíbula) pode se movimentar com facilidade durante a mastigação, e quando isso acontece, ela cresce. Quanto mais a criança movimentar a mandíbula para os lados durante a mastigação, mais a mandíbula cresce. Por isso a oferta de alimentos deve ser de qualidade mais dura, seca e fibrosa, para que o desenvolvimento da mandíbula seja adequado.

E enquanto a mandíbula se movimenta durante a mastigação, ela “bate”, impacta, contra a maxila (maxilar superior) de dentro para fora, ajudando esse osso a se desenvolver.

Sendo assim, o aleitamento natural promove o inicio do desenvolvimento da maxila, devido a respiração nasal, e a mastigação continua esse processo ao longo do crescimento da criança, dando lugar a arcadas bem crescidas, espaço para todos os dentes, saúde na área de respiração, mastigação e deglutição.

E se a respiração for pela boca?

Bem, daí a arcada superior não vai crescer pra baixo e para os lados, e fica estreita, alta, com aparência de “apertada”, e os dentinhos de leite acompanham esse estreitamento.  Se existir um hábito não ideal de chupeta ou mamadeira, poderão exercer  influencia sobre a forma das arcadas, deixando a criança com uma saliência de uma das arcadas, (dentucinha), e/ou com outras alterações como mordida aberta, mordida cruzada.

* Liege Ferreira
**Imagens cedidas pela Dra Denise F. Barbosa

“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia, Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”

Artigos Relacionados

Share

About Author

Marta Meireles

Pequena descrição falando de cada membro (médico ou colaborador) do site.

(0) RComentários dos Leitores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>